Descubra como cuidar de bonsai em casa ou apartamento

O bonsai é uma alternativa para quem pretende ter uma planta, mas não tem muito espaço em casa. O método, no entanto, requer algum tratamento

Ao contrário da crença popular, ter uma árvore em casa não precisa exigir muito espaço, também para quem mora em apartamento, por exemplo.

Vindo da China, mas predominante no Japão, o bonsai, que significa “plantado em vaso”, é uma excelente escolha para quem pretende ter uma plantinha linda e surpreendente.

No entanto, manter um bonsai em um recipiente minúsculo para sempre, modelar e gerenciar seu desenvolvimento requer estratégia. É como uma arte.

Saiba quais as variedades de espécies de bonsai

Existe uma variedade de árvores que podem ser cultivadas em vasos, incluindo aquelas que produzem tanto flores como frutas.

Segundo o agrônomo e designer de bonsai Carlos Tramujas, proprietário do viveiro Bonsai do Campo, o ideal é que sejam do tipo lenhoso e que aprove as podas regulares para auxiliar no trabalho de modelagem.

Ao adquirir um bonsai, é necessário verificar se as qualidades da planta correspondem à área onde certamente será mantida.

O engenheiro florestal e também gerente da Esalflores, Milton Sanada, explica que os vasos podem ser posicionados dentro ou fora de sua casa e que a irrigação certamente dependerá do tipo de planta.

Como um todo, o bonsai precisa de três horas de exposição direta ao sol. A quantidade de água pode variar, mas é muito importante não deixar a água secar.

Quanto mais jovem a planta, mais tratamento é necessário. Além de modelar e também podar, à medida que o bonsai se expande é necessário transplantá-lo para um vaso maior.

Experiência para cuidar e cultivar de bonsai

Tanto Tramujas quanto Sanada têm uma conexão de longa data com pequenas árvores. O primeiro teve seu contato inicial com esse tipo de planta na universidade, na década de 1980.

Na época, havia pouca informação e ainda problemas para começar a fazer os potes. Sanada, por outro lado, viveu por algum tempo no Japão, onde estabeleceu algumas técnicas.

Ele atualmente tem uma grade de 45 bonsai em casa. Ambos fornecem algumas dicas para quem deseja ter um bonsai e, principalmente, como mantê-lo.

A opção correta na hora de plantar bonsai

A etapa inicial diz respeito à estética. Entre as alternativas de bonsai, estão árvores caducas, coníferas, floridas, frutíferas e também perenes.

Para fazer a melhor escolha, analise a aparência da árvore. Folhas verdes e também elasticidade do tronco são excelentes indicações.

Além disso, fale com o vendedor e solicite mais informações sobre o tipo escolhido, para ter certeza de que ele se ajustará ao local que você tem disponível.

Descubra como cuidar de bonsai em casa ou apartamento

Para ser considerado um bonsai, a árvore precisa estar em um vaso de cerâmica ou concreto, que preserva muito melhor a temperatura.

Caso contrário, é considerado simplesmente um pré-bonsai. Além disso, os vasos de plástico não são recomendados, pois aquecem muito a raiz.

Dentro ou fora qual melhor lugar para um bonsai

O bonsai pode ser mantido dentro ou fora de casa. Se a área disponível for interna, tente colocar a árvore em um lugar onde haverá luz solar direta e bastante fluxo de ar.

Procure deixar, no máximo, um metro de distância das janelas das residências e também fique longe de colocar a planta perto de itens que irradiam calor, como televisores.

Muitos pensam no ambiente externo o melhor local para a planta, onde ela pode ficar exposta ao sol e também à chuva.

Nessa situação, nos melhores dias, no verão, procure colocar a árvore em uma área sombreada. Em posições onde o inverno é muito mais severo, é essencial protegê-los de possíveis geadas, por exemplo.

Bonsai: como fazer a rega correta da árvore

Não existe uma fórmula mágica para regar um bonsai. Isso certamente dependerá da combinação do tipo de planta e também do local onde ela é cultivada.

A regra fundamental é molhar todo o comprimento da vasilha até que a água saia do furo de drenagem. O ideal é regar novamente quando a superfície estiver ligeiramente seca, considerando que a sujeira não deve estar saturada.

Pelas suas características também não é aconselhável guardar o bonsai em vaso com prato, pois favorece o embebimento das raízes.

Além disso, é recomendado limpar as folhas por pulverização, o que inclui despejar água na planta, mas não no solo. Esta estratégia também é sugerida para refrescar a árvore nos dias quentes.

Como proteger seu bonsai de pragas e insetos

Como qualquer outra planta, o bonsai não é desprovido de insetos como pulgões e ácaros, por exemplo. As doenças geralmente aparecem devido a problemas com rega (falta ou excesso de água), ausência de luz, fluxo de ar e umidade.

Porque por exemplo, é preciso lidar com a planta para recuperá-la. Para manter a árvore saudável e equilibrada, adicionalmente é necessário fertilizar.

Você pode escolher alimentos vegetais comuns, apropriados para qualquer tipo de planta, ou certos para flores e frutas, para reforçar essas qualidades.

Tanto na primavera quanto no outono, a fertilização é sugerida a cada 15 dias. Tanto nos meses de inverno como no verão, é necessário ter cuidado todos os meses.

Como moldar corretamente um bonsai

Uma das características do bonsai é que pode ser moldado de acordo com a preferência do proprietário. Existem técnicas de recorte para modelar a coroa, junto com é possível modelar o tronco com detalhes de cabos.

Para aparar, o ideal é fazê-lo no período vegetativo da árvore, que coincide com o inverno. Nesse caso, você direciona o desenvolvimento da planta e elimina galhos com defeito ou desnecessários.

Para podar, use uma tesoura ou um alicate. Se você permitir que o bonsai cresça totalmente livre, ele certamente perderá sua forma.

A modelagem, por outro lado, contém o processo de conformação do fio. Com a ajuda de cabos específicos para esta função, é possível “dobrar” o tronco e oferecer-lhe uma forma diferente.

Aprenda a transplantar um bonsai da maneira certa

Conforme a planta cresce, ela requer ainda mais espaço para suas origens. Como resultado, é muito importante fazer o transplante para um vaso maior.

Para plantas mais jovens, o ideal é transformar os vasos a cada ano ou 2. As plantas maduras podem ser transplantadas a cada 3 ou cinco anos.

Para transformar o vaso, é preciso podar a raiz, porém é preciso saber onde cortar para não eliminar a planta.

Com isso, a sugestão é buscar ajuda customizada. A melhor época para o transplante é no final do inverno ou no início da primavera. Após a alteração do vaso, sugere-se um período de repouso à sombra por trinta dias.

Veja Também: Dicas de decoração com plantas