Skip to content
Amo Suculentas

Suculentas Raras

As suculentas raras além de muito curiosas, são exóticas e com detalhes lindos, além de ideais para os amantes da jardinagem, principalmente se não dispõe de muito tempo para cuidar.

suculentas raras - 
www.amosuculentas.com

Nesse artigo vou mostrar fotos de suculentas raríssimas, também apresentaremos várias mudas e mostrar onde comprar.

Tipos de Suculentas Raras

Você vai se impressionar com os tipos de suculentas impressionantes que existem, os detalhes e todas as características.

Em geral sabemos que as plantas suculentas são perfeitas, ainda mais pelo fato de terem uma enorme resistência devido a captação de água em seu caule, raízes e folhas.

suculentas raras e exóticas - 
www.amosuculentas.com
suculentas Raras e Exóticas –
www.amosuculentas.com

Esses atributos tornam as suculentas plantas muito resistentes, suportando muito bem o calor do sol e não necessitam muitas regas. Em muitos tipos uma vez por semana já é suficiente.

Resistência ao sol das suculentas raras

Com uma grande vantagem das demais espécies, uma suculenta rara pode em terrenos drenados, ter bons resultados. Claro que esse solo deve ter bons nutrientes, que seja seco e com boa exposição ao sol.

suculentas raras e exóticas - 
www.amosuculentas.com
suculentas raras e exóticas –
www.amosuculentas.com

Com relação a poda, outro aspecto interessante é que uma suculenta não exige isso, podendo retirar aqueles pequenos brotos que surgem e se preferir transplantar.

10 Suculentas raras e mais exóticas do planeta

Vamos direto ao assunto, afinal você está aqui para conhecer um pouco mais sobre essas espetaculares suculentas raras.

A primeira suculenta rara que vou mostrar, é a Crassula Red Pagode, também conhecido como Crassula Shark Tooth (Dente de tubarão).

Crassula Red Pagode (Dente de tubarão)

suculentas raras - Crassula Red Pagoda "Dente de tubarão"
www.amosuculentas.com
Suculentas raras – Crassula Red Pagode “Dente de tubarão”

Das espécies raras a Crassula Red Pagode é uma suculenta fascinante, possui suas folhas em formatos triangulares pontiagudas, que tem uma forma densa, suas dobras se confundem bastante como um origami.

Suculenta exótica de máxima exposição solar

Essa planta tem uma máxima exposição solar, onde a sua folhagem pode mudar de verde escuro, chegando a uma tonalidade amarelada para o claro, nos pontas detalhes vermelhos.

Suculentas raras - Crassula Red Pagode "Dente de tubarão" em vasos-
www.amosuculentas.com
Vaso com Suculenta Rara – Crassula Red Pagode

Essa exótica suculenta se torna um ótimo complemento para qualquer plantador, se adaptando bem em jardim rochoso.

A Crassula Red Pagode pode ser cultivada como cobertura de solo em pequena escala ou em cestos de suspensão, isso devido ao seu hábito de ramificação.

No verão, essa suculenta tem mais tendencia para produzir algumas pequenas flores brancas estreladas.

Suculentas raras - Crassula Red Pagoda "Dente de tubarão"
www.amosuculentas.com
Tipos de suculentas Raras Crassula Red

Um detalhe interessante é que em alguns espécimes, são mais vermelhos que outros. Quanto mais sol você der, mais vermelho fica.

A cor do ‘Red Pagode’ é mais brilhante no inverno em resposta às noites curtas e frescas e à luz do sol.

Nome BotânicoFamíliaNome Popular
Crassula capitella Thyrsiflora CrassuloideaePagode Vermelho, Pagoda Village, Crassula Dente de Tubarão

Graptopetalum ‘Mirinae’

Suculentas raras - Graptopetalum 'Mirinae'
www.amosuculentas.com
Suculentas raras – Graptopetalum ‘Mirinae’

Essa é uma planta suculenta perene, com diversas rosetas arredondadas. É certamente um híbrido, assemelha-se a Graptopetalum mendozae.

Mas não tem o mesmo tipo de rosetas e as flores não são brancas como as de G. mendozae, mas têm pontos vermelhos mais ou menos minúsculos.

Suculentas raras - Graptopetalum 'Mirinae'
www.amosuculentas.com
Suculentas raras – Graptopetalum ‘Mirinae’ Vasos

Para os cuidados necessários com essa suculenta rara Graptopetalum, são semelhantes às da maioria das suculentas.

Sendo que basicamente todas exigem muito sol para ter o melhor aspecto possível. Ainda exigem um tipo de solo poroso, arenoso, com excelente drenagem.

Conselhos para efetuar regas

Conselho para regas é que faça regularmente durante os meses de verão, deixando o solo secar entre as regas.

No período de inverno coloque uma mínima quantidade de água, pois o excesso pode causar de podridão da raiz e a planta pode receber várias infestações de pragas.

Fertilize uma vez durante a estação de crescimento com um fertilizante balanceado diluído a ¼ de força.

Os Graptopetalum são geralmente fáceis de se propagar, por sementes, cortes de folhas ou compensações.

Mudas de suculentas raras

Suculentas raras - Graptopetalum 'Mirinae'
www.amosuculentas.com
Suculentas exóticas – Graptopetalum ‘Mirinae’

Qualquer roseta que se rompe tem o potencial de criar raízes e iniciar uma nova planta.

Até mesmo uma folha que cai vai enraizar abaixo da planta mãe e produzir uma nova roseta rapidamente. A nova planta se alimenta da folha até que ela se enrugue e caia.

Nome BotânicoFamíliaNome Popular
Graptopetalum pachyphyllumCrassulaceaeBluebean

Anacampseros-tomentosa

Outra espécie bem rara de planta, a Anacampsero cresce bem em sol parcial com luz brilhante, realçando as cores das folhas e mantendo-as compactas.

Suculentas raras - Anacampseros-tomentosa
www.amosuculentas.com
Suculentas raras – Anacampseros-tomentosa

Essas suculentas exigem um solo arenoso de drenagem livre, com material orgânico adicionado e rega de baixa a moderada.

As belas espécies exóticas da família das caudiciformes, são propensas a apodrecer e devem ser regadas com muita moderação.

Tipos de fertilizantes para suculentas

Alimentar com um fertilizante de potássio elevado durante a estação de crescimento diluído a 1/4 de potência e misturar no regador para aplicação.

Anacampseros é uma excelente planta para o crescimento de contêineres. Sempre parece bom e fica pequeno.

Suculentas raras - Anacampseros-tomentosa
Tipos de suculentas raras

Parece bem em uma estufa e um quadro frios. Ele faz bem ao ar livre em canteiros e terraços também.

Essas suculentas podem ser atraentes para uma variedade de insetos, mas as plantas em boas condições devem ser quase isentas de pragas.

Especialmente se forem cultivadas em uma mistura de envasamento mineral, com boa exposição e ventilação.

No entanto, observe cuidadosamente qualquer declínio significativo na saúde.

Isso pode sinalizar um problema de pragas que deve ser tratado rapidamente, a fim de evitar cicatrizes, nanismo e até a morte.

Nome BotânicoFamíliaNome Popular
Anacampseros filamentosaAnacampserotaceaeComida de Coelho, Comida de Lebre

Crassula ‘Buddha’s Temple’ (Templo de Buda)

Suculenta rara sendo uma planta incomum, a Crassula Buddhas Temple é bem atraente com características de porte com até 15 cm de altura.

Suculentas raras - Crassula 'Buddha's Temple' - www.amosuculentas.com
Suculentas raras – Crassula ‘Buddha’s Temple’

Ao passar dos dias começará a ramificar em níveis variados dos lados de cada coluna.

Possui um tipo de folhas bem planas, finas e de cor cinza prateado a verde acinzentado.

Com formatos empilhados firmemente e dobrados nas bordas, criando uma coluna perfeitamente quadrada de até 2,5 cm de largura.

Suculentas raras - Crassula 'Buddha's Temple' - www.amosuculentas.com

Suculentas Exóticas – Crassula ‘Buddha’s Temple’

Essa planta exótica tem a capacidade de desenvolver uma das mais maravilhosas flores esféricas com tonalidades entre vermelha, laranja ou branca que fica presa ao topo da planta.

Suculenta de fácil cultivo

Essas espécies de Crassulas, ao contrário do que possa parecer, são de fácil cultivo, sendo que são suscetíveis a insetos e doenças fúngicas.

Da mesma maneira que ocorre a todas as suculentas, o detalhe a respeito do excesso de água, certamente será muito prejudicial.

Suculentas raras - Crassula 'Buddha's Temple' - www.amosuculentas.com

Suculentas raras – Crassula ‘Buddha’s Temple’ em vaso

Por esse motivo errar cultivando-a muito seco, em vez de muito molhado, pode sim ser fatal. Nunca deixe sua planta encharcar com água.

Se você regar por baixo, deixando a planta descansar em um pires de água, certifique-se de derramar o excesso de água depois de alguns minutos.

Essas suculentas geralmente são iniciadas por divisão, compensações ou cortes de folhas.

Suculentas raras - Crassula 'Buddha's Temple' - www.amosuculentas.com

Suculentas raras – Crassula ‘Buddha’s Temple’ detalhes

Crassulas podem ser facilmente propagadas a partir de uma única folha. Brotar folhas, colocando-os em uma mistura de vasos para suculentas, em seguida, cobrindo o prato até que eles brotam.

Nome BotânicoFamíliaNome Popular
Crassula 'Buddha's Temple'CrassulaceaeTemplo de Buda

Albuca spiralis – Corkscrew Albuca

Bastante diferente de suculenta exótica a Albuca spiralis é uma pequena suculenta geófita, com até 8 polegadas (20 cm) de altura.

Suculentas raras - Albuca spiralis – Corkscrew Albuca - www.amosuculentas.com
Suculentas raras – Albuca spiralis – Corkscrew Albuca

Cresce de maneira individual ou formando pequenos grupos por divisão, com folhas de saca-rolhas na estação de crescimento e uma flor central com flores amarelas e verdes pendentes em hastes de flores individuais.

As folhas são verdes, com até 20 cm de comprimento. O período de floração é o final do inverno até o início da primavera.

Os bulbos de Albuca requerem solos arenosos e soltos em sol pleno e parcial para produzir suas flores características.

As plantas podem crescer 3 a 4 pés (90 a 120 cm) de altura com uma largura ligeiramente menor.

Suculentas raras - Albuca spiralis – Corkscrew Albuca
Suculentas raras – Albuca spiralis – Corkscrew Albuca

Um bom cultivo encoraja a remoção do bulbo do exterior em zonas com gelo. Eles não são resistentes ao frio e temperaturas frias podem danificar a lâmpada.

Planta exótica da Africa

Esses nativos da África do Sul parecem particularmente atraentes em jardins de pedras, encostas e até mesmo em contêineres.

O maior requisito para o atendimento de Albuca é a drenagem superior. As regiões nas quais elas são nativas não são conhecidas por umidade consistente, o que significa que é tolerante à seca uma vez estabelecida.

A rega consistente no plantio é necessária para imitar a estação das chuvas, mas depois disso, a rega leve é ​​tudo o que é necessário quando se trata de Albuca.

Fertilize anualmente na instalação e no início da primavera, com uma boa comida para todos os fins.

Corte a folhagem passada depois que ela amarelar e começar a murchar.

Nome BotânicoFamíliaNome Popular
Albuca spiralis LfAsparagaceaeSaca-rolhas Albuca, Lírio de lodo, Planta de helicóptero

Conophytum Calculus

Uma suculenta bastante estranha que ultrapassa o nível de exótica, a Conophytum Calculus é uma planta pequena, mas muito resistente.

Suculentas raras - Conophytum Calculus – amosuculentas.com
Suculentas raras – Conophytum Calculus – amosuculentas.com

Sendo de baixo crescimento, stemlesscom tem “folhas” arredondadas, individuais (fundidas em um só corpo), que se multiplicam com a idade e se agrupam para formar uma almofada em forma de cúpula.

Os corpos das folhas de forma esférica, são completamente lisos e sem pêlos, caracteristicamente opacos (não transparentes e não brilhantes) e têm uma cor verde-esverdeada a verde amarelada.

As folhas estão sempre sem qualquer ponto ou detalhe e até 1,2 polegadas (3 cm) de diâmetro.

Novas folhas são formadas dentro das existentes e quando, após um ano, o corpo da folha começa a morrer, uma nova surge de dentro.

A folha velha torna-se uma bainha fina, seca e suave, de cor bege, por vezes preta, que persiste na planta.

Floresce no Outono e tem um amarelo dourado, picante, com cheiro de cravo, a flores de cor laranja escuro que são noturnas e só abrem à noite.

Suculentas raras - Conophytum Calculus – amosuculentas.com
Suculentas raras – Conophytum Calculus

Conophytum s geralmente são cultivadas em jardins de prato onde se espalham lentamente, mas fazem boas plantas ornamentais para jardinagem de janelas.

Eles também se dão bem em rochas ornamentais, onde podem ser cultivados em fendas.

Os Conophytum vegetam durante a estação do inverno. Eles devem então ser mantidos secos durante a quente, gradualmente molhada na chegada do outono.

A umidade estimula a liberação de novos pêlos radiculares e a planta crescerá durante toda a temporada de inverno, emitindo novos pares foliares dentro dos já existentes.

A floração geralmente ocorre no outono e a cor das flores é extremamente variável de espécie para espécie.

Cultivo e cuidados

O cultivo é bastante fácil, mas deve-se tomar cuidado para evitar o excesso de água e evitar a podridão: as próprias plantas comunicam suas necessidades de água com um ligeiro enrugamento da epiderme.

Nome BotânicoFamíliaNome Popular
Conophytum calculus (A. Berger) NE Br.AizoaceaeBotões De Mármore, Plantas Cone, Plantas De Botão

Titanopsis calcarea (Folha de Concreto)

Agora vamos falar de uma suculenta raríssima, Titanopsis como o nome popular já diz, a flor de concreto tem sua força formadora em rosetas basais de até 7,5 cm de diâmetro.

Suculentas raras - Titanopsis Calcarea – amosuculentas.com
Suculentas raras – Titanopsis Calcarea – amosuculentas.com

Folhas carnudas de até 2,5 cm de comprimento, com ponta truncada, geralmente cinza ou azul-esverdeada.

Ela é densamente coberta no ápice com tubérculos rugosos esbranquiçados, cremosos, acinzentados, ocre, vermelhos ou azulados. Flores amarelas a laranja, 0,8 polegadas (2 cm) de diâmetro.

Originaria das plantas exóticas, assim como muitas das plantas do deserto da África do Sul.

A Concrete Leaf Living Stone, ou folha de concreto, tende a se tornar dormente, ou semi-dormente, durante o auge do verão, a fim de conservar a umidade.

Muitas vezes, é um erro durante a metade do verão manter as plantas úmidas, embora elas exijam um pouco de água durante esse período.

Titanopsis são plantas bastante semelhantes e parecem fazer a maior parte do seu crescimento no outono, com outra explosão mais curta na primavera.

Suculentas raras - Titanopsis Calcarea – amosuculentas.com
Suculenta Exótica – Titanopsis Calcarea – Flor Concreto

As flores podem ser produzidas no outono, primavera ou em ambos. Esta pequena e encantadora planta suculenta rara, é digna de um lugar na maioria das coleções.

O Concrete Leaf Living Stone é bastante tolerante a temperaturas abaixo de 5 ° C (40 ° F) se mantido razoavelmente seco. Como a maioria das plantas, irá beneficiar de uma boa ventilação.

Com suas folhas que parecem as pedras, mas com detalhe de concreto deve ser mantida em uma situação brilhante, ensolarada em todos os momentos. Ela vai crescer bem em uma janela virada para o sul.

Como efetuar a rega correta

Regue bem essa suculenta durante a primavera, permitindo que o composto esteja seco entre as regas.

Durante o verão, o concreto semi-adensado da Concrete Living Stone deve ser regado com moderação para evitar qualquer chance de apodrecer.

Nome BotânicoFamíliaNome Popular
Titanopsis calcarea (Marloth) SchwantesAizoaceaeFolha De Concreto, Pedra Viva

Suculenta Rara Conophytum (Folha de Olho)

Pertencente a um grupo de suculentas em miniaturas, do tipo raro e bem valorizadas pelos entusiastas, devido a sua grande variedade de formas, texturas e cores.

Suculentas raras - Conophytum – amosuculentas.com
Suculentas raras – Conophytum – amosuculentas.com

Normalmente, elas formam aglomerados ou crescem em esteiras, mas algumas espécies são solitárias.

Os corpos podem ser cônicos, oblongos ou cilíndricos, pintados ou amassados, aveludados ou com janelas, e variam em cores de vários tons de verde e azul-esverdeado a marrom e vermelho.

Algumas espécies são confundidas com Lithops. Anatomicamente, distinguem-se por folhas unidas conicamente e por suas pétalas, que se fundem em um tubo basal, ao contrário da maioria dos membros.

A maioria dos conos floresce no outono e exibe uma gama de cores do arco-íris.

Eles podem ser divididos em espécies que florescem à noite, florescem ao crepúsculo e florescem no dia. As flores de algumas espécies também são perfumadas.

Condições de crescimento

Luz: O Conophytum requer um ambiente muito claro e até algumas horas de pleno sol, em momentos mais frios do dia para evitar queimaduras solares.

Suculentas raras - Conophytum Flores amarelas – amosuculentas.com
Suculentas raras – Conophytum – Flores amarelas

No final da estação dormente, as plantas devem gradualmente se acostumar com o aumento do brilho.

Água: Depois que eles florescem em outubro / novembro névoa a cada duas semanas.

Quando o crescimento ativo é retomado no final da primavera, cerca de uma vez por semana até o verão.

As plantas podem ficar inativas no calor, a água não mais do que a cada três semanas.

Suculentas raras - Conophytum – amosuculentas.com
Suculentas raras – Conophytum – amosuculentas.com

Durante o crescimento ativo, se as folhas começarem a retrair no solo ou enrugar, precisará de rega.

Solo: os tipos de solo adequado a este gênero são variados e diferentes para cada espécie, devido à grande diversidade de diferentes espécimes.

A característica comum é, no entanto, a alta capacidade de drenagem e boa porosidade.

Adubo: Alimentadores de luz, podem não precisar de fertilizante por três anos após o envasamento ou se você repor a cada dois anos.

Fertilizar no início do período de crescimento e pouco antes da floração.

Cuidado Geral

Conophytum geralmente são cultivadas em jardins de prato onde se espalham lentamente, mas fazem boas plantas ornamentais para jardinagem de janelas.

Suculentas raras - Conophytum – amosuculentas.com
Suculentas raras – Conophytum – amosuculentas.com

Elas também se dão bem em rochas ornamentais, onde podem ser cultivados em fendas.

Esse tipo de suculenta Conophytum, geralmente vegetam durante a estação do inverno. Devem então ser mantidos secos durante a quente, gradualmente molhada na chegada do outono.

A umidade estimula a liberação de novos pelos radiculares e a planta crescerá durante toda a temporada de inverno, emitindo novos pares foliares dentro dos já existentes.

A floração geralmente ocorre no outono e a cor das flores é extremamente variável de espécie para espécie.

Suculentas raras - Conophytum – amosuculentas.com
Suculentas raras – Conophytum – amosuculentas.com

O cultivo é bastante fácil, mas deve-se tomar cuidado para evitar o excesso de água e evitar a podridão: as próprias plantas comunicam suas necessidades de água com um ligeiro enrugamento da epiderme.

Elas não temem particularmente o clima frio e podem resistir também a temperaturas de -5 ° C (23 ° F), desde que o solo esteja completamente seco e a temperatura volte a subir rapidamente.

Propagação

A propagação pode ser feita a partir de sementes ou estacas: a germinação das sementes é bastante fácil (veja a taxa de germinação das sementes), mas as mudas jovens são muito sensíveis à umidade e precisam de um cuidado especial e constante para aumentá-las corretamente.

Nome BotânicoFamíliaNome Popular
Conophytum limpidum SAHammerAizoaceaeFolhas de olho

Rhipsalis Baccifera (Cacto Espaguete)

Esse é um cacto epífito com caules estreitos, cilíndricos, verde-claros, pendentes, de até 0,2 polegadas (0,5 cm) de diâmetro e, na natureza, pode alcançar até 9 m de comprimento.

Suculentas raras - Rhipsalis Baccifera – amosuculentas.com
Suculentas raras – Rhipsalis Baccifera – Cacto Espaguete

Aréolas são eriçadas quando jovens, mas por outro lado as hastes são muito suaves.

Floresce esporadicamente durante toda a temporada, com as melhores ondas no meio da primavera e novamente no final do verão.

As muito pequenas flores amarelas a esverdeadas prateadas-brancas são de 0,6 cm de lado. As flores são seguidas por pequenas frutas brancas.

Com suas hastes longas e elegantemente inclinadas e necessidades de manutenção de baixa manutenção.

Decoração com suculenta rara

O visco Cacto faz a escolha ideal para pendurar plantadores. Coloque seu cacto em uma área que receba sombra parcial a cheia.

Use uma mistura de solo arenoso, bem drenado, levemente ácido de duas partes de musgo de turfa e uma parte de areia, com cavacos de casca misturados para promover a drenagem do solo.

Suculentas raras - Rhipsalis Baccifera – amosuculentas.com
Suculentas raras – Rhipsalis Baccifera – amosuculentas.com

Mantenha o solo úmido, mas não encharcado, durante a época de crescimento, que ocorre do início da primavera até o final do verão.

Nunca deixe água parada na superfície do solo, mas não deixe o solo secar completamente. Deixe o solo secar entre as regas, mas não o subsolo.

Aplique um fertilizante balanceado de uso geral a cada 2 a 4 semanas durante a estação de crescimento da planta.

Origem

Rhipsalis baccifera é endêmico da América Central e do Sul, Caribe e Flórida.

Suculentas raras - Rhipsalis Baccifera – amosuculentas.com
Suculentas raras – Rhipsalis Baccifera – amosuculentas.com

Subespécies, Variedades, Formas, Cultivares e Híbridos

Rhipsalis baccifera  subsp. horrida

Nome BotânicoFamíliaNome Popular
Rhipsalis baccifera (JS Muell.) StearnCactaceaeCacto de visco, cacto de espaguete

O Disocactus Flagelliformis

Do tipo suculenta rara, esse é um cacto com caules grossos e suspensos, cada um com 8 a 13 costelas, até 3,3 pés (1 m) de comprimento e até 0,8 polegadas (2 cm) de diâmetro.

Suculentas raras - Disocactus Flagelliformis  – amosuculentas.com
Suculentas raras – Disocactus Flagelliformis – amosuculentas.com

Os grupos de agulhas são minúsculos, quase de aparência difusa e têm de 15 a 20 espinhos finos, amarelo e avermelhados cada.

As belas flores são de cor magenta, com até 7,5 cm de comprimento e 3,8 cm de diâmetro.

Como cultivar e cuidar corretamente

O Rat Tail Cactus é um cacto fácil de cultivar e de crescimento relativamente rápido.

Suas hastes de fuga fazem deste cacto planta ideal para uma cesta de suspensão.

Forre a cesta com musgo de esfagno antes de enchê-la com uma mistura de envasamento.

Certifique-se de que ela esteja pendurada, onde as hastes espinhosas não representarão um deleite para os incautos.

Suculentas raras - Disocactus Flagelliformis  – amosuculentas.com
Suculentas raras – Disocactus Flagelliformis – amosuculentas.com

Se o Cacto de Cauda de Rato for cultivado em uma panela, pendure a panela ou coloque-a em uma prateleira alta.

Se for deixado de pé, pode em breve ser desequilibrado pelas hastes de alongamento.

Para propagar, use um segmento de 15 cm de ponta ou de 15 cm de qualquer parte da haste.

Deixe cada corte ou segmento secar por 3 dias e, em seguida, insira-o a cerca de 2 cm de profundidade em uma panela pequena, ou recipiente da mistura de envasamento recomendada para plantas maduras.

Suculentas raras - Disocactus Flagelliformis  – amosuculentas.com
Suculentas raras – Disocactus Flagelliformis – amosuculentas.com

Certifique-se de que qualquer segmento de caule seja plantado com a extremidade inferior para baixo.

Origem

Disocactus flagelliformis é nativa do México (Hidalgo, Oaxaca).

Subespécies, Variedades, Formas, Cultivares e Híbridos

Disocactus  x  mallisonii

Echinopsis ‘Gräser’s Schönste’

Nome BotânicoFamíliaNome Popular
Disocactus flagelliformis (L.) BarthlottCactaceaeCacto de cauda de rato, cacto Rattail

Veja Também: 5 Problemas Comuns em Suculentas e como Resolver


SE GOSTOU DESSE ARTIGO, SOLICITAMOS QUE COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS NAS REDES SOCIAIS!